Menu
Central de vendas: 4113-6784 - 4113-0394 - 5051-0658
Central de agendamento de exames: 5051-1083
Causas Da Tendinite

Tendinite: Quais são as causas?

Qualidade de vida é sempre um tema recorrente e que tem seu valor para a saúde dos trabalhadores e indivíduos. Apesar de muitas pessoas exigirem o máximo do corpo, o organismo precisa de pausas, descansos e exercícios, do contrário, doenças e problemas de saúde começarão a surgir.

Nenhum ser humano sente-se confortável sentindo dor, isso é fato, principalmente precisando ser produtivo e pró-ativo,  e a tendinite traz grandes incômodos e prejuízos à produtividade do colaborador.

O que é a tendinite?

Se trata de uma inflamação que afeta os tendões. E que pode ser desencadeada por vários motivos, como: alimentação inadequada, sobrecarga ou principalmente pelo esforço repetitivo.

O que são os tendões?

Os tendões são na verdade fibras resistentes que são agrupadas e que estão associadas aos músculos e ossos. Todas as regiões que possuem tendões, podem ocasionar a tendinite.

Os tendões podem sofrer inflamações e isso pode ocorrer por causas mecânicas e também químicas do próprio organismo.

Causas mecânicas para a tendinite

Quando há esforços prolongados os tendões tendem a sofrer impactos, e quanto mais repetitivo for o movimento, pior será para os tendões, pois causam uma sobrecarga na região afetada.

Causas químicas para a tendinite

Já a causa química, ocorre quando há desequilíbrio na alimentação. Exemplo disso é quando algumas toxinas dentro do organismo ocasionam várias patologias, podendo ser incluída a tendinite nesse caso.

A desidratação é outro fator de causa química para o problema, já que dessa forma os músculos e tendões não são drenados adequadamente e equilibradamente.

Sintomas da tendinite

Alguns dos sintomas são:

  • Dores.
  • Incapacidade de realizar movimentos como descer ou subir escadas, caminhar ou usar o teclado do computador para digitação.

Tendinite ou artrite reumatoide?

É verdade que a tendinite de forma comum, costuma ser confundida com a artrite reumatoide, isso porque o incômodo de ambos os problemas se assemelham nos sintomas.

Para diagnosticar corretamente, é preciso buscar auxílio médico. No caso da tendinite os exames comuns para detecção são a radiografia e a ultrassonografia.

Como tratar a tendinite?

De acordo com a gravidade da inflamação no tendão, o tratamento será diferente. Alguns casos apenas a prescrição de remédios anti-inflamatório é suficiente, já em outros casos mais graves, o membro pode ser imobilizado para uma melhor recuperação.

Há também tratamentos que envolvem aplicação de corticoides na região afetada, repouso, fisioterapia ou em casos de origem química, a mudança nos hábitos alimentares será necessária com a indicação de uma dieta rígida e controlada.

Sequelas da tendinite não tratada

Quando a tendinite não é tratada adequadamente, ou quanto ao protelamento na recuperação em si, o colaborador e indivíduo pode ser bastante prejudicado. Primeiro porque sua produtividade não será a mesma ao sentir dor, e segundo porque essa inflamação causa outros prejuízos quando uma terapia adequada não é associada.

O assunto é tão sério que não proceder com o tratamento no sentido da cura, poderá ocasionar até mesmo o rompimento do tendão, o que causa problemas ainda mais sérios como a incapacidade laboral definitiva.

Como se prevenir da tendinite?

  • Antes de começar qualquer atividade física é importante se alongar e condicionar os músculos.
  • Ter uma alimentação saudável.
  • Hidratar-se pelo menos com 2 litros de água por dia.
  • Fazer aquecimento antes de desempenhar atividades físicas.
  • Alongar-se bem antes de trabalhar com o computador ou antes de fazer movimentos repetitivos, de modo a evitar a LER – Lesão por Esforço Repetitivo.
  • E sempre buscar ajuda profissional quando for necessário, além de seguir todas as orientações médicas e hábitos de vida saudáveis.

Por fim, as pessoas que mais sofrem com tendinite são aquelas que passam muito tempo fazendo trabalho com o computador. Nesse caso é indicado que mantenha sempre os cotovelos apoiados nos braços da cadeira, estando no nível da mesa, da mesma forma o teclado deve estar no mesmo nivelamento para não haver tanto esforço.

Mas falaremos sobre a prevenção da tendinite num outro post.

E lembre-se, ao sentir incômodo e dores nas juntas e articulações dos membros inferiores (pernas) e membros superiores (mãos e braços) e também nos ombros e pescoço, procure logo um médico. Quanto antes for diagnosticada uma tendinite, melhores serão os resultados dos tratamentos.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *