Menu
Central de vendas: 4113-6784 - 4113-0394 - 5051-0658
Central de agendamento de exames: 5051-1083
A Importância Da Ergonomia No Local De Trabalho - Medicina E Segurança Do Trabalho | Moema Assessoria

A importância da ergonomia no local de trabalho

Para ajudar a manter os colaboradores de uma empresa livres de lesões, todo gestor empresarial deve se preocupar com questões de medicina e segurança do trabalho e, principalmente, reconhecer a importância da ergonomia no local de trabalho.

Mas o que é ergonomia?

O campo de estudo da ergonomia é amplo: aborda como as pessoas interagem com o local físico de trabalho em que atuam. Isso inclui a postura e movimentos exigidos pelo tipo de trabalho que executam. O objetivo é que essas interações sejam tão naturais e saudáveis ​​quanto possível. Como você pode imaginar, a ergonomia pode ser aplicada em praticamente todos os ambientes de trabalho de uma organização.

Os princípios da ergonomia se aplicam a quatro cenários principais no local de trabalho:

  • Os tipos de equipamentos utilizados para execução do trabalho;
  • Processos de execução das tarefas;
  • Espaços adequados para realização do trabalho;
  • A forma de se mover os objetos referente ao trabalho.

Uma ergonomia adequada contribui para o bem-estar, a eficiência e a saúde a longo prazo de todos.

Qual é a importância da ergonomia para a segurança no trabalho?

Os gestores precisam lidar com muitas facetas para garantir o bem-estar dos trabalhadores; às vezes é difícil decidir o que priorizar. Isso pode fazer com que eles se perguntem: 

  • “Por que a ergonomia é importante no local de trabalho?”
  • “Por que eu deveria gastar meu tempo e meu orçamento com questões de segurança?”

Ergonomia pobre é um dos principais contribuintes para lesões agudas no local de trabalho e lesões que se desenvolvem com o tempo. 

Um exemplo de uma lesão aguda provocada por ergonomia ruim é a tensão nas costas causada pelo levantamento de um objeto usando uma técnica indevida ou incorreta.

Muitas profissões exigem que as pessoas realizem o mesmo movimento repetidas vezes, dia após dia. A longo prazo, se alguém se engaja repetidamente em movimentos não saudáveis ​​– não ergonômicos – pode acabar obtendo desconforto, lesões e incapacidade, durante a execução de suas funções. Esses são conhecidos como estresse ou lesões por esforço repetitivo – LER.

Os colaboradores geralmente se sentam ou ficam de pé por longos períodos. Logo, a má postura causada por uma estação de trabalho mal ajustada leva à dor e, consequentemente, à lesão. Dor crônica no pescoço e no ombro são comumente associadas à ergonomia ruim da estação de trabalho.

As pessoas passam uma grande parte de sua vida no trabalho. Algumas estimativas denotam que passamos um terço da nossa vida trabalhando. Isso significa que, se tivermos um estresse repetitivo ou lesões relacionadas à postura, provavelmente será devida a falta de ergonomia no local de trabalho.

Estresse repetitivo e lesões relacionadas à postura levam tempo para se desenvolver, de modo que o padrão de movimento ou postura que causa uma lesão pode passar despercebido por semanas ou meses, antes que a lesão se instale – até que de uma vez, todos os sintomas se compliquem. As tensões musculares, entorses, bem como lesões por esforço repetitivo, são algumas das lesões mais comuns no local de trabalho.

Essas lesões são evitáveis. É por isso que, como gestor, você deve enfatizar a importância da ergonomia no local de trabalho em seu planejamento de processos internos. Isso é uma prevenção de segurança de baixo custo.

Confira Nossos Serviços - Medicina e Segurança do Trabalho | Moema Assessoria

Prevenção do Uso Indevido e Lesões por Movimentos Repetitivos

Eduque sua força de trabalho sobre ergonomia e frequentemente reforce práticas ergonômicas: esse é um excelente tópico para uma dinâmica sobre segurança e qualidade de vida no trabalho. Aborde cada um dos quatro cenários em que os funcionários devem aplicar práticas ergonômicas.

Espaços ou Ambiente de Trabalho 

Aqui, estamos preocupados com a forma como uma pessoa se senta, se levanta ou se movimenta no trabalho. Alguns exemplos a serem considerados em um ambiente de escritório incluem: 

  • As mesas estão organizadas para incentivar uma boa postura? 
  • Colaboradores que têm que falar ao telefone e digitar ao mesmo tempo têm headphones adequados para não ter que segurar um telefone entre o ouvido e o ombro? 
  • Existem opções de mesa para poderem trabalhar em pé e, em caso afirmativo, as mesas estão na altura correta?

Processos de trabalho

Isso aborda qualquer situação de trabalho em que um funcionário deva executar uma série de tarefas, muitas vezes, repetidamente. O trabalho de linha de montagem é um exemplo clássico. 

  • Tudo o que o trabalhador precisa é próximo e fácil de alcançar? 
  • Os movimentos necessários para concluir a tarefa são naturais e eficientes? 
  • O equipamento necessário se move livremente sem causar tensão?

Objetos de Uso frequente

Certifique-se de que as ferramentas ou equipamentos utilizados por seus colaboradores sejam fáceis de manusear e permitam movimentos naturais. Ferramentas e equipamentos devem parecer uma extensão do corpo. 

  • Eles são fáceis de segurar? 
  • Eles são de tamanho e peso gerenciáveis e suportáveis? 
  • Todas as ferramentas ou equipamentos estão em boas condições de funcionamento?

Como os trabalhadores movem objetos

Ensine seus funcionários a maneira correta de levantar, puxar e empurrar objetos. Esta é uma solução muito simples e, no entanto, as lesões resultantes da má técnica de levantamento, empurrão e tração continuam a estar no “topo das paradas” quando se trata das causas das lesões no local de trabalho.

Trabalho em equipe

Além de educar regularmente sua força de trabalho sobre movimentos saudáveis ​​e postura, trabalhe com sua equipe para garantir que eles possam implementar práticas ergonômicas. A segurança é um esforço de equipe, especialmente no que se refere à ergonomia.

Os trabalhadores são os únicos que serão capazes de detectar se os deveres que lhes foram solicitados causam desconforto ou dor. Se eles experimentarem uma situação que não podem resolver no momento, devem ser encorajados a reportar à gerência. Forneça maneiras fáceis para a equipe dar feedback sempre que houver espaço para melhorias.

Seus colaboradores também precisam ajudar uns aos outros. Se alguém vê um colega de trabalho usando técnicas inadequadas de ergonomia, ele deve ser encorajado a intervir e ajudar. Alguém encarregado de levantar um objeto que seja pesado demais deve se sentir à vontade para pedir ajuda sem temer repreensões.

Pausas Saudáveis

Incentive os trabalhadores a fazerem uma pausa, moverem-se, descansarem e alongarem conforme necessário. Oriente pausas antes de moverem um objeto, para garantir uma técnica adequada. Pause durante o dia para verificar a postura e como eles estão se movimentando.

Seus funcionários devem se levantar e se movimentar, caso suas tarefas exijam que eles estejam em uma postura sentada ou em pé, estática por longos períodos. 

Alguém cujo trabalho exija um nível de concentração contínuo deve fazer pausas para descanso, conforme necessário, para permanecer calmo e alerta.

Todos os trabalhadores devem ser encorajados a alongar-se ao longo do dia. Se pedirmos aos nossos corpos que façam a mesma coisa por muito tempo, mesmo se fizermos isso de uma maneira ergonomicamente correta, sentiremos fadiga e desconforto – e, eventualmente, teremos lesões.

Adotar a ergonomia de forma correta não é difícil, mas requer educação, disciplina e vigilância. Este será um tempo e esforço bem gastos, isso porque a ergonomia deficiente é responsável por quase todas as lesões comuns no local de trabalho, e todas são evitáveis.

Gestores antenados às questões de saúde e segurança, que se concentram na importância da ergonomia no local de trabalho, terão uma força de trabalho mais produtiva, segura, saudável e feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *